domingo, 1 de agosto de 2010

saudade...


nada mais dificil do que superar a saudade.
juro que tento entender, mas definitivamente, não dá!
talvez saiba dizer porque sinto, mas não como me sinto.
ter saudade realmente é querer bis. bis do que foi bom, do valeu a pena.
é quando temos orgulho de olhar para trás, é sentir falta daquele carinho, do abraço, do cheiro, enfim, de alguém, ou de algo. há dois tipos de saudade, a que pode ser assasinada, e a que não. normalmente, os momentos lembrados com carinho, com uma saudade saudável, são aqueles que não podemos ter bis, afinal, não há momento nenhum que seja igual ao outro. mas daí, a saudade vai se complicando, se tornando mais forte para as pessoas em que não veremos nunca mais, ou que não veremos tão cedo. é a saudade, cuja culpa é da distância, que separa corações, que se amam. enfim, assim como todos os outros sentimentos, a saudade é inexplicável, mas que é inevitável. em toda minha vida, não conheci quem não sente ou sentiu saudade. ela é natural, nasce com a gente! e é ela, que muitas vezes não cabe em meu coração, e escorre pelos olhos. é ela que me faz ter vontade de viver, para ir matando-a!
e é a saudade, que me faz cada dia mais querer estar com você, gordo ;D

tentei, beijos gente !

atchim (:

2 comentários:

  1. To com muita saudade!!!

    Gorda :/

    ResponderExcluir
  2. ahhhhhhhhhhhh, saudade :/
    gordo, gordo, lindo da minha vida :$

    ResponderExcluir